sexta-feira, 17 de outubro de 2008

A amamentação!


Pra mim falar ainda hoje sobre amamentação é difícil.
Não tive leite, fiz todos os esforços humanos e sobre humanos para ter, e não tive. Falhei.
Meu leite desceu por três dias, só, nunca mais dps veio nem uma gota.

A possível causa foi um nervoso que passei na maternidade, quando uma profissional, se podemos chama-la assim, nomeada fonoaudiologa entrou em meu quarto e com a minha autorização realizou no meu bebê um exame intitulado como "Exame da orelhinha", pois bem, esse exame detectou uma surdez no ouvido direito do meu bebê, surdez detectada precocemente, visto que uma parte dos bebês ainda tem muito líquido aminiótico pelo seu corpinho, inclusive, dentro dos ouvidinhos, o que obviamente os impede de ouvir.

Sendo assim, a dignissima virou e disse, após muitassss caras e bocas... "olha mãezinha, seu bebê é surdo de um ouvido, o direito, mas não se preocupe, ele poderá ir pra escola como qq criança, é só usar um aparelho auditivo."

E eu... "mas isso é definitivo mesmo?"

E ela... "pode ser que ism ou não, tem que refazer o teste, mas não se preocupa, é só usar um aparelho auditivo que até falar ele vai conseguir, e o outro ouvido é perfeito"

E saiu... pra mim aquilo caiu como uma bomba, eu não queria ouvir isso dessa forma, ela como profissional nomeada que é deveria tratar uma mãe que acabou de dar a luz de outra forma, deveria explicar como funciona, eu tinha acabado de sair de um parto, eu poderia estar com depressão pós parto, ela entrou no meu quarto e eu estava com uma bombinha no meu seio tentando tirar leite, eu estava de forma incansável tentando fazer com que meu filho tomasse meu leite, e essa mulher fala a coisa dessa forma.

Na hora estavam no quarto comigo minha mãe e minha cunhada, e minha mãe e eu começamos a chorar muito, eu pq não tava entendendo o que tava acontecendo, e minha mãe por me ver naquele estado, em dois minutos minha mãe saiu do quarto e foi atrás daquela irresponsável para soca-la, mas como ela já tinha sumido chamaram minha médica, e ela me explicou tudo!!!

A probabilidade dele ter mesmo a surdez era pouco, e a grande maioria dos bebes não emitem mesmo sinal de audição até seus primeiros quinze dias, por causa do líquido aminiótico.

Sabe, pra mim, naquele momento, eu juro, do fundo do meu coração que ele ouvir ou não era o menos importante, porque ele tendo muitaaa saúde e eu podendo amamenta-lo era a melhor coisa que eu poderia ter.

Pois bem.... dps disso eu não tive leite, eu ficava dia e noite sentada com uma bombinha no peito, tentando fazer algum leite descer, a cada tentativa vinha um monte de lágrimas, pq eu queria muito mesmo ter leite, muito poder ter esse contato com meu bebê, mas não deu.

Não amamentei, mas por outro lado, dei amor, dei carinho, dei qualidade de vida pra ele. E agora no alto dos cinco meses e sete dias eu tenho um bebê mega saudável, mega esperto, que ouve dos dois ouvidos, que nunca ficou doente, e que só me dá alegrias.

Deus sempre estará ao nosso lado!!!!

2 comentários:

Rozane Mendes disse...

Pois é as vezes vamos falar existe cada medico que se diz profissional nao é uma merda falam as coisas pra gente que nos abalam profundamente e pronto ainda falam que é definitivo ...Lucas a 1 neuropediatra disse que ele nem reconheceria nossa voz,que teria ddificuldade em se movimentar enfim todas comprovadas erradas Lucas é mais ativo do que eu eu acho se movimenta mito ainda mais qndo ta zangado rsrs e só em ouvir a nossa voz sorri!!da raiva mesmo de alguns medicos aff eu sei muito bem disso...bjocas amiga tenha um maravilhoso final de semana.

Kérow More Ice disse...

Mas Deus fecha uma porta e abre uma janela: vc não pode amamentar, infelizmente, mas tem um bebê super saudável, fofo, gorduchinho e que ouve super bem. Essa "doutora" é que é uma irresponsável!